Tudo que você precisa saber sobre aposentadoria

Tudo que você precisa saber sobre aposentadoria

18 de dezembro de 2020 Autor: Jessica Bordin Domingues

Com tantas mudanças na lei, é comum ainda ter dúvidas sobre aposentadoria, apesar de ser um assunto que está constantemente em pauta nos veículos de comunicação.

Por isso, a Br2 Contabilidade dedicará esse artigo para explicar o que você precisa saber sobre esse direito.

Reforma da Previdência

  • fixação de idade mínima para se aposentar (65 anos para homens e 62 anos para mulheres);

 

  • tempo mínimo de contribuição (15 anos para mulheres e 20 para homens no setor privado; e 20 para homens e mulheres no caso de servidores);

 

  • o valor da aposentadoria do setor privado e de servidores será calculado com base na média de todo o histórico de contribuições do trabalhador (e não descartando as 20% mais baixas, como era feito);

 

  • o valor descontado do salário de cada trabalhador (quem ganha menos vai contribuir menos para o INSS; quem ganha mais vai contribuir mais).

 

Tipos de aposentadoria

  • aposentadoria por tempo de contribuição;
  • especial por tempo de contribuição;
  • idade;
  • idade da pessoa com deficiência;
  • tempo de contribuição do professor;
  • invalidez.

Para entender mais sobre cada uma delas, entre em contato conosco!

Previdência Privada: uma alternativa para não depender do INSS

 Existem dois tipos de planos de previdência privada: o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) e o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre). Basicamente, o que influencia na escolha de um tipo ou de outro é a maneira como o investidor faz sua declaração de Imposto de Renda.

Os planos tipo PGBL costumam ser indicados para quem entrega a declaração do Imposto de Renda usando o modelo completo, aproveitando benefícios fiscais. Isso porque quem contrata um PGBL pode deduzir as contribuições realizadas no plano de sua renda bruta tributável. O limite é de 12% ao ano.

Os planos do tipo VGBL não incluem o benefício fiscal proporcionado pelos PGBL. Por isso, são indicados para os investidores que fazem a declaração de Imposto de Renda no modelo simplificado.

Para quem faz a declaração no modelo completo, o VGBL pode fazer sentido em uma situação: caso o investidor queira aplicar mais do que 12% da renda em previdência privada.

Como planejar sua aposentadoria?

  1. Não dependa apenas do INSS
  2. Considere a previdência privada
  3. Tenha um objetivo claro
  4. Mantenha a regularidade dos seus aportes
  5. Pense em investimentos

Faça uma consultoria conosco que ajudaremos você a planejar sua aposentadoria de acordo com suas necessidades!

 

 

 

 

 

 


  • Compartilhar